Ir para o conteúdo

Thin-logo

Tela cheia

Assessoria de Relações Internacionais (ARI)

3 de Setembro de 2014 , por Igor Leonardo -
Visualizado 7309 vezes

Novos rumos, novas conquistas. O compromisso com a renovação da Universidade Católica do Salvador (UCSAL) é a inspiração para a construção de uma estratégia de internacionalização com ênfase na governança global. 

Para além dos ditames da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPEs), ou seja, uma proposta de fortalecimento das atividades de investigação em pós-graduação, por meio de Convênios e Protocolos, o instrumento jurídico para legitimar os acordos de cooperação internacional, a atual gestão da Católica estabelece como objetivo principal tornar a Universidade parte do seleto grupo de instituições world class. Não obstante, conciliando os três pilares - ensino, pesquisa e extensão – a UCSAL estará promoverá uma abordagem de colaboração internacional diferente e voltada para suplantar o desafio de uma coalização que envolva, além das Universidades como tradicionais sistemas de inovação, os demais setores produtivos e agências de fomento. 

Dirimir fronteiras e valorizar o papel e o propósito do conhecimento é o contributo da UCSAL para o que entendemos como Desenvolvimento real. Se a Universidade é o espaço geopolítico estimulante para fomentar as capacidades e habilitar o processo de criação de uma cidadania social, a Católica aceita abrir diálogos para cultivar a ideia de um mundo sem fronteiras e promotora de redes de saber e inovação em parceria com a iniciativa privada, as organizações não governamentais e qualquer tipo de representação da sociedade civil. 

A Assessoria de Relações Internacionais, portanto, será responsável por fomentar essa estratégia de internacionalização, além de impulsionar a criação de redes de produção e difusão de conhecimento.

Conheça a história da aluna Victória, do Curso de Direito. Ela aproveitou uma das muitas oportunidades de intercâmbio que a UCSAL oferece:  

 

Internacionalização 

O processo de internacionalização não é unilateral. A atração de parceiros globais perpassa por divulgar a excelência em ensino, pesquisa e extensão. Ressaltar a infraestrutura (laboratórios, bibliotecas, salas de aula, auditórios, biotério, estacionamentos, áreas para esporte, lazer e convivência social) e salientar a preponderante influência dos núcleos de pesquisa no fazer ciência da UCSAL. 

Ser uma instituição confessional, também, permite uma natural dedicação ao campo comunitário. Interagir, compreender e transformar a sociedade em busca do desenvolvimento é o compromisso da UCSAL. Assim, estreitar as relações com as Pontifícias e Universidades Católicas é uma das prioridades de internacionalização.