Ir para o conteúdo

Institucional

 Voltar a Notícias
Tela cheia Sugerir um artigo

Campanha “ZEIS JÁ!” em Salvador

10 de Setembro de 2021, 14:23 , por ascom - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 69 vezes

Ucsal lança Campanha “ZEIS JÁ!” em Salvador junto com UFBA, UEFS, IBDU e movimentos sociais


Salvador possui 234 áreas da cidade definidas como ZEIS no PDDU 2016, dentre elas o Nordeste de Amaralina.

 

Será lançada nas redes sociais, nesta sexta-feira (10), a Campanha ZEIS JÁ! – pelo Direito à Moradia e à Cidade. A Campanha articula movimentos sociais e coletivos de luta por moradia com professores e estudantes universitários da UCSAL (Universidade Católica de Salvador), UEFS (Universidade Estadual de Feira de Santana) e UFBA (Universidade Federal da Bahia) envolvidos em pesquisas sobre o direito à cidade, além do Instituto Brasileiro de Direito Urbanístico – IBDU. 

No último PDDU de Salvador (2016), 234 áreas da cidade foram definidas como ZEIS – Zona Especial de Interesse Social. Este instrumento urbanístico impõe ao poder público municipal a obrigação de regulamentar, regularizar e priorizar investimentos nos bairros populares com o reconhecimento da moradia como direito fundamental, bem como implementar esferas que garantam a participação dos moradores das ZEIS em projetos futuros.

O engajamento da Ucsal na Campanha Zeis Já! “reforça o compromisso de inserção social da nossa instituição, entendendo que precisamos avançar na garantia do direito fundamental à moradia em Salvador” diz a Reitora da Ucsal, Profa. Silvana Carvalho. A iniciativa "fortalece a indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão que já é uma prática no nosso Programa de Pós-graduação em Território, Ambiente e Sociedade”, afirma o Pró-reitor de Pesquisa e Pós-graduação, Moacir Tinoco. “É uma campanha que mobiliza três grupos de pesquisa do nosso Programa”, reforça a Profa. Maina Pirajá, coordenadora do PPG-TAS.

Na prática, o instrumento precisa ser mais conhecido e incorporado pelos movimentos sociais, por servidores públicos e pelo judiciário. “Com a Campanha ZEIS JÁ! pretendemos criar mais um espaço para o debate público em torno das ZEIS e assim tornar o instrumento mais conhecido pela população, afirma a professora da Ucsal, Liana Viveiros, uma das coordenadoras da campanha. 

A campanha Zeis Já! envolve diversas instituições, entidades e movimentos sociais que defendem o direito à moradia e à cidade. “É uma articulação ampla e importante na aproximação entre a universidade e a sociedade”, diz a Professora Aparecida Netto, Coordenadora de Pesquisa da Ucsal e integrante da equipe da Campanha.

Para Marli Carrara, membro da União Nacional por Moradia Popular, entender e incorporar as Zeis é uma necessidade urgente para garantir espaço para as moradias populares. “É uma lei que obriga a prefeitura a guardar áreas para moradia agora e no futuro. “Para a população da Gamboa, a existência das Zeis é de extrema importância, principalmente pelo reconhecimento do nosso território como comunidade tradicional pesqueira”, explica Ana Caminha, da Associação Amigos de Gegê dos Moradores da Gamboa de Baixo.

A efetivação das ZEIS está em disputa, por isso a campanha coloca na ordem do dia o debate sobre a política urbana e difunde, de forma ampla, mecanismos legítimos do exercício do direito à cidade, entre eles o cumprimento da função social da propriedade urbana e a garantia da moradia social nos centros urbanos.

 

A CAMPANHA

A Campanha Zeis Já! está presente nas redes sociais e construiu um site para engajar as pessoas nesse movimento. No site, um mapa interativo apresenta a cidade do Salvador e todas as 234 áreas definidas como ZEIS. Qualquer pessoa poderá saber se o seu local de moradia é ZEIS, além disso estão disponíveis textos, fotos e vídeos pertinentes ao tema. 

No site da campanha zeisja.org é possível conferir no mapa interativo se o seu lugar de moradia é uma ZEIS

 

 

Site da campanha: http://www.zeisja.org

Facebook, instagram, twiter: @zeis_ja