Ir para o conteúdo <!-- ClassCommunityPlugin not in a profile -->

Institucional

 Voltar a Notícias
Tela cheia Sugerir um artigo

Envelhecimento e Saúde: Programa De Atividade Física Para Universidade

1 de Fevereiro de 2019, 14:30 , por Ana Elisa Rocha - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 143 vezes

 

O professor Alberto do Carmo do curso de Educação Física, publicou um livro cujo conteúdo refere-se a sua dissertação de Mestrado na UNEB, para o qual foi desenvolvido um Programa de Atividade Física para os alunos da Universidade Aberta da Terceira Idade. 

Confira abaixo o resumo do seu trabalho:

Com o crescente aumento da população idosa, tanto em países desenvolvidos como em subdesenvolvimento, entende-se que esse dado é um fenômeno de importância mundial, visto que, tanto os organismos internacionais como a Organização das Nações Unidas (ONU) e a Organização Mundial da Saúde (OMS) vêm estudando esse fenômeno, apresentando informações e fazendo projeções até o ano de 2025. Destarte, é de extrema importância considerar os efeitos do envelhecimento nessa população bem como as implicações inerentes a várias esferas como: médicas, econômicas, sociais, políticas, dente outras. Esta pesquisa tem por objetivo abordar os principais fatores do envelhecimento e seus impactos nos sistemas biológicos: cardiovascular, imunológico, endócrino, reprodutor feminino e masculino, músculo esquelético, nervoso, respiratório, gastrointestinal e na função renal. De modo complementar, apresentamos algumas políticas públicas voltadas para atividade física do idoso, com ênfase no estatuto do idoso. Estabelecemos como objetivo geral, analisar como os alunos da UATI/UNEB se posicionam sobre a realização da atividade física, e como objetivos específicos: explorar fatores biológicos, psicológicos e sociais que afetam o envelhecimento; analisar as relações da prática de atividade física no processo do envelhecimento; e conhecer a estrutura da Universidade Aberta à Terceira Idade da UNEB. A partir desses objetivos foram coletados dados e informações através de questionários, observação e entrevistas com os quais foi possível desenvolver um Programa de Atividade Física regular e orientada para esses alunos. Na constituição desse Programa foram considerados o perfil, o nível de atividade física, a capacidade de respostas fisiológica dos alunos, bem como a motivação de integrar o referido Programa.

 

Confira sua dissertação

Adquira o livro.