Ir para o conteúdo <!-- ClassCommunityPlugin not in a profile -->

Institucional

 Voltar a Notícias
Tela cheia Sugerir um artigo

Grupo de Estudos: Ética, Sociedade e Sustentabilidade na Contemporaneidade

7 de Fevereiro de 2018, 11:31 , por Ana Elisa Rocha - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 214 vezes

Etica

 

Ética, Sociedade e Sustentabilidade na Contemporaneidade

 

OBJETIVOS

Estimular discussões interdisciplinares e interinstitucionais que associem a reflexão filosófica e as questões sociais da nossa contemporaneidade com o paradigma da sustentabilidade, entendida como uma nova relação do ser humana com a natureza;

Discutir as questões socioambientais, suas manifestações e desdobramentos na sociedade contemporânea;

Estudar as interações entre Estado, Capital e Movimentos Sociais e sua influencia na questão ambiental.

TEMAS RELACIONADOS: Ética; Economia; Ecologia; Sociologia; Serviço Social.

Subtemas

Relação Homem/Natureza; Capitalismo; Tecnociência; Racionalidade Instrumental; Racionalidade Ambiental; Desigualdade; Injustiça; Pobreza; Relações Econômicas; Desenvolvimento Sustentável; Consumo Consciente; Educação Ambiental; Antropoceno; Biocentrismo; Sociedade do risco; Violência; Crise; Responsabilidade; Alteridade; Agroecologia; Bioética; Ecoética.

JUSTIFICATIVA

Desde os anos 1960, do século passado, os ambientalistas, cientistas, sociólogos, filósofos vêm alertando sobre o perigo do colapso ambiental. Os relatórios das agências da ONU e de instituições como WWI (World Watch Institute) mostram de forma contundente a urgência de uma mudança radical para evitar esse colapso.

A novidade é que um número crescente de economistas, até então defensores do crescimento como panaceia para resolver todos os problemas, agora falam dos limites do crescimento e da necessidade de “mudar a economia”, tanto para evitar o colapso como para alcançar a justiça social.

Entretanto, tanto a postura dos responsáveis políticos quanto as soluções que vêm sendo propostas (desenvolvimento sustentável à economia verde) estão muito aquém do esperado. Não atacam a raiz do problema: o atual modelo de produção e consumo já é insustentável, e o será ainda mais enquanto o modelo seja generalizado. Esta evidência leva a uma conclusão incontornável: a necessidade de justiça social e ambiental nas relações entre os países e no interior de cada pais, única forma de tornar aceitáveis as mudanças, ética, social e politicamente.

Para o nosso sistema econômico sobreviver precisa cada vez mais produzir e consumir de forma desenfreada, produzindo mais lixo. A eficiência produtiva crescente (fazer mais com menos matéria e menos energia) é uma realidade, mas essa eficiência tem poucos resultados em face do aumento do consumo global. É urgente, passarmos da competição para a colaboração; sem isto, os conflitos e os resultados serão devastadores.

Analisar as diferentes dimensões destas diferentes problemáticas, tentando entender as lógicas e interesses em jogo, as causas e os possíveis caminhos para sair do impasse, são as motivações que temos para a proposta de Grupo de Estudo: Ética, Sociedade e Sustentabilidade na Contemporaneidade.

 

ALGUNS AUTORES

ARISTÓTELES; ESPINOZA; ADAM SMITH; MAX WEBER, KARL MARX, HANS JONAS, ENMANUEL LEVINAS; HANNA ARENDT, AMARTYA SEM; JURGEN HABERMAS; JOHN RAWL, MICHEL SANDEL, ROGER SCRUTON; PETER SINGER; LEONARDO BOFF, LUIS MARQUES; JOHN BELLAMY FOSTER; TOM REAGAN; FELIX GUATTARI; MICHEL SERRES, IGNACY SACHS, JOSÉ ELI DA VEIGA, WALTER PORTO-GONÇALVES, ENRIQUE LEFF.

PROFESSORES

Profa. Dra. Ana Maria Ferreira Cardoso

Profa. Adjunta do Curso de Serviço Social - UFBA

Coordenadora do Comitê de Ética em Pesquisa do Instituto de Psicologia (CEP-IPS)

 

Prof. Dr. José Luís Sepúlveda Ferriz

Prof. Assistente do Curso de Filosofia - UCSAL

Coord. Do Programa “UCSal em Movimento”

 

Para participar do Grupo de Estudos:
 
- Enviar currículo para o e-mail: jose.ferriz@pro.ucsal.br até o dia 23/02/2018
- Entrevista com os interessados no dia 27/02/2018 às 09'30 na sala do NDE do NAC 2 (Federação).