Ir para o conteúdo <!-- ClassCommunityPlugin not in a profile -->

Thin logo

Tela cheia

LEV

29 de Maio de 2018, 16:18 , por Ana Elisa Rocha - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 33 vezes
 

Histórico do Lev

Foi inaugurado em 23 de fevereiro de 2002 a partir de um Convênio firmado entre a Arquidiocese de São Salvador da Bahia e a Universidade Católica do Salvador. Leva o nome do Monsenhor e 1º reitor da Ucsal Eugênio de Andrade Veiga e tem como missão dar tratamento e conservar o acervo do arquivo permanente da Cúria Metropolitana de Salvador, que guarda essa importante documentação para os estudos sobre a história da igreja, em particular, e da sociedade soteropolitana, baiana e brasileira dede a Colônia até o inicio do século passado. As suas atividades são por natureza universitárias, sendo concebidas desde a estreita vinculação entre o ensino, a pesquisa e a extensão.

 

Missão

Conservar as obras que constituem o acervo da Cúria Metropolitana que integram os nossos bens culturais, buscando manter viva a memória do nosso povo, formando pesquisadores e técnicos na área de Patrimônio Cultural com ênfase na preservação, conservação, restauração e no tratamento arquivístico.

 

O Acervo

 

Constituído de mais de 11.000 documentos que se referem à burocracia eclesiástica e abrange o período dos setecentos à primeira metade do século XX, que tratam dos postulantes ao sacerdócio intitulados de Genere et Moribus e Patrimônio. Possui, ainda, importantes séries documentais de Casamentos, Batizados, Óbitos, além de documentação de Paróquias e Irmandades.

 

Constam ainda as séries relativas ao divórcio no sentido eclesiástico. Existem, além destes, outros conjuntos documentais, como: dispensas matrimoniais, e despachos, ordenações e permutas, várias cartas e ofícios, breves de oratórios, breves de secularização, bulas e outros documentos; coleção cônegos, apresentação de padres, matrículas, dentre outras que certamente contêm importantes evidências históricas.

 

Estrutura e metodologia do trabalho

 

Equipado com modernos equipamentos e materiais especializados para trabalhos de conservação e restauração de papel. Está dividido em salas destinadas às etapas de tratamento:

  • Sala de supervisão técnica;
  • Sala para pesquisa;
  • Sala para desinfestação e quarentena;
  • Salas para expurgos, limpeza mecânica, higienização;
  • Laboratório de restauração;
  • Sala para guarda do acervo.

 

A partir dessa estrutura o acervo é submetido a procedimentos de preservação, conservação, restauração documental e tratamento arquivístico, numa perspectiva de adequadas condições de guarda e manuseio dessa valiosa documentação.