Ir para o conteúdo

Planejamento Ambiental

Tela cheia

Linhas de Pesquisa

7 de Novembro de 2014, 17:46 , por Igor Leonardo - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.

Identificação e remediação de comprometimentos biológicos, físicos e químicos no planejamento ambiental com uso de tecnologias ambientais. 

O arcabouço teórico e prático que reúne está atuação de elevada amplitude, é o desenvolvimento de ações visando a sustentabilidade social, ambiental e econômica. Isto se dá através da reconciliação dos conflitos entre o desenvolvimento advindo do crescimento econômico com a equitabilidade social, proteção dos recursos naturais e restauração ecológica. A busca por um ambiente equilibrado para as gerações presentes e futuras deixa de ser uma retórica e avança a um cenário realístico e aplicado – contemporâneo portanto. Quando o planejamento ambiental alcança seus objetivos entrega a sociedade projetos viáveis e de evidente alcance social, econômico e ambiental. Esta área de concentração é dedicada aos discentes que busquem conhecimento, capacitação e habilidades visando contribuir de maneira efetiva com ações socioambientais sustentáveis em nossos processos produtivos, de crescimento e de urbanização e em todos os setores da sociedade.

 

Compreensão e atenuação de comprometimentos históricos, políticos, socioeconômicos e geográficos no planejamento ambiental. 

A sociedade contemporânea e o mundo natural precisam se adaptar um ao outro – o preço poderá ser o agravamento dos agentes responsáveis pelo aquecimento global, maior competitividade pelo uso do solo, comprometimento da biodiversidade e dos processos ecossistêmicos e aceleração da urbanização não planejada e alterações sociais e econômicas dramáticas. Nosso propósito deverá ser a coordenação das demandas humanas sobre o meio ambiente, a partir de uma análise histórica de todo o caminho percorrido até aqui e o delineamento de uma agenda eficiente e ecologicamente audível, de maneira a garantir a sustentabilidade politica, social, econômica e ambiental. Está área de concentração visa capacitar o profissional aos meios necessários para que esta base de sustentação possa ser acessada de maneira eficiente e ampla. Promovendo assim um debate epistemológico e que alcance em sua especificidade científica a compreensão de que a apropriação do mundo natural e suas leis deixa de ser uma retórica e se constitui em um aspecto fundamental na excelência da formação do pesquisador em Planejamento Ambiental.